Núcleo de Design de Animação

Pesquisas

Estudos Prospectivos em Design de Narrativas nas Indústrias Criativas:
Cadeias Produtivas da Animação

por: Prof. Dra. Elisangela Lobo Schirigatti

A animação, assim como todo o segmento audiovisual faz parte da indústria criativa (UNESCO, 2013) que está em plena expansão e constante mudança (JEFFCUTT; PRATT, 2002). No que tange a animação, diferente de muitos polos produtivos, o Brasil se destaca pela produção criativa de conteúdo autoral. Além do aumento da produção da animação brasileira (SEBRAE, 2014; GAMA, 2014), a qualidade e a criatividade do conteúdo desenvolvido estão recebendo cada vez mais importância e reconhecimento externo (ANNECY, 2018). Entretanto, há uma carência de iniciativas e investimentos para o desenvolvimento de novas pesquisas que abordam estas questões. Com isso, pretende se discutir cenários de transição, as formas de produção do saber e o desenvolvimento de novas tecnologias que podem ser advindas destas práticas e abordagens.

OBJETIVO GERAL: 

Prover conhecimento sobre as cadeias produtivas nacionais das indústrias criativas, em específico a de animação. Neste caso, será usado o design de narrativas visuais para pensar o futuro da indústria criativa.

Registro e Divulgação da Produção da Animação Brasileira e Latino-americana

O projeto de extensão, vinculado ao projeto de pesquisa Cadeias Produtivas da Animação, tem por objetivo: investigar e divulgar as novidades e tendências da animação brasileira nas áreas de educação, eventos, processo produtivo e técnicas, bem como registrar e divulgar a animação latino-americana, em especial a brasileira.

O Filme de Animação e a Difusão de Conhecimentos Científicos

por: Prof. Dr. Marcelo Abilio Públio

“Sem dúvida, na mente dos educadores do futuro, o desenho animado será o instrumento mais dócil, mais ágil e mais estimulante de ensino (…) A migração dos povos, a estrutura das sociedades, os princípios filosóficos, o conhecimento das matemáticas, as correntes marítimas, as novas leis eletrônicas, poderão ser tratadas em filme de animação e poderão tornar-se mais claras para todos”. (Walt Disney, 1948, prefácio do livro de LoDuca)

Entretanto, nem a animação, nem a divulgação científica são completamente imparciais. É interessante lembrar que Walt Disney fez a citação acima logo depois de colocar seu estúdio à serviço das forças armadas norte-americanas durante a Segunda Guerra Mundial. O objetivo dessa pesquisa é portanto investigar as estratégias utilizadas pela animação para a criação de um imaginário propício para a difusão de assuntos científicos, encontrando filmes de caráter científico e confrontando-os com os contextos socio-tecno-políticos e culturais das épocas em que foram criados.

Lesbianidade, representatividade e estereótipos: filmes de animação como tecnologia de gênero

por: Prof. Dra. Silmara Simone Takazaki

Esta tese trata de filmes de animação, a partir da teoria de Teresa de Lauretis sobre tecnologia de gênero: o cinema não apenas reflete a sociedade, mas é uma tecnologia que constrói subjetividades, como gênero e sexualidades. Onde estão as mulheres lésbicas no cinema? Os filmes de animação, ainda que destinados a entretenimento, acabam por ensinar reações e produzir comportamentos sociais, e assim defender discursos que, por meio de imagens e textos, foram intencionalmente escolhidos para comporem narrativas. O objetivo desta investigação foi encontrar e analisar de forma interdisciplinar as sexualidades femininas dissidentes / heterodiscordantes em desenhos animados ocidentais desde a década de 1990.

Los hermanos Wagner, Brasil en películas animadas

por Ana França

Um dos grupos que estudei no doutorado foram os Irmãos Wagner, pioneiros da animação em Curitiba/ Paraná! No meu estágio de pesquisa eu mediei a doação dos direitos de exibição dos filmes que o grupo fez nas décadas de 1970 e 80

Acesse aqui e assista a apresentação.

Achou interessante?

Participe das reuniões de pesquisa.

Acesse aqui o formulário de voluntariado.

Bolsistas voluntários atuante

Ana Carvalho

Bolsista voluntária
de Iniciação Científica

Bruno Azzani Braga

Voluntário

Camila Mondini

Bolsista voluntária de Iniciação Científica

Flávia Resende Lacerda

Bolsista voluntária
de Iniciação Científica

Letícia Rubio

Bolsista voluntária
de Iniciação Científica

Lídia Maria Antunes da Glória

Voluntária

Suelen Zaramela Schelemei

Bolsista DIREC
7

Bolsistas voluntários
que já atuaram

Carolina Reis

Bolsista voluntária
de Iniciação Científica

Pedro Augusto Bernardi

Bolsista voluntário
de Iniciação Científica

Pedro Henrique Pires

Bolsista voluntário
de Iniciação Científica